Sobre a peça

Texto: GFOUR Productions, LLC

Direção: Anderson Bueno e Maximiliana Reis

Elenco: Adriana Fonseca (Hippie), Alessandra Vertamatti (Dona de Casa do Interior), Bibba Chuqui (Executiva) e Simone Gutierrez (Atriz).

Teatro comédia musical com desconto

A chegada da meia-idade e o universo da mulher estão em foco no texto de
“Menopausa – O Musical”. O cômico espetáculo, estreou em Orlando, na Flórida, em
2001, migrando para o circuito Off-Broadway em 2002, onde completou temporada de
1.500 apresentações e desde então já percorreu mais de 450 cidades nos Estados
Unidos. Fenômeno em Las Vegas há 12 anos, é o espetáculo de temporada mais longa
da história da cidade sendo premiado como o “Best Scripted Live Show” em 2015.
Inédito no Brasil, ele chega ao Teatro Gazeta, em São Paulo, a partir de 10 de agosto,
pelas mãos de Cássio Reis e Anderson Bueno, mesmos produtores da icônica comédia,
também feminina, “Os Monólogos da Vagina”, conhecida no país há quase 20 anos.
Cheias de personalidade, cada mulher retratada em cena encara a vida de uma
maneira e enfrenta esta nova fase de forma diferente. Apresentando arquétipos em
vez de personagens reais, o espetáculo traz a Atriz, a Hippie, a Executiva e a Dona de
Casa do Interior, que, complementares, formam o quarteto disposto a lidar de forma
bem-humorada com os detalhes e preciosidades de ser mulher, especialmente neste
período fisiológico, que tende a ocorrer entre os 45 e 55 anos de idade. “Elas são um
reflexo de todas as mulheres. Toda mulher tem um pouquinho de cada personagem”,
diz o diretor, visagista e produtor Anderson Bueno.
As personagens vividas pelas atrizes Adriana Fonseca, Alessandra Vertamatti, Bibba
Chuqui e Simone Gutierrez, além de Luciana Milano na função de stand-in, tem dupla
missão: todas são responsáveis não apenas por entreter, mas também por abordar
este universo de forma instrutiva, onde muito além de apontar os sintomas, é
proposto um maior entendimento ao público sobre o que esse momento realmente
significa para as mulheres. “Ainda estou aprendendo, mas começo a ver isso como a
Independência total da mulher. Uma libertação. Vejo ‘Menopausa – O Musical’ como
parte de uma trilogia feminina que produzimos, em continuação aos espetáculos “Os
Monólogos da Vagina” e “Nany People Salvou Meu Casamento””, conta Bueno.
“O texto retrata uma fase da vida pela qual todas as mulheres irão passar e muitas
vezes é um período bem conturbado física e emocionalmente. Gosto de falar de
verdades e ‘menopausa’ é uma transição que muda o comportamento das mulheres
e também de quem as rodeia. Sempre vi o espetáculo como um show para toda a
família, de adolescentes aos mais velhos, e espero realmente que o público abrace
com prazer a mensagem que queremos passar, pois é um espetáculo leve, bonito,
alegre e que traz uma questão, muitas vezes delicada, para uma linguagem coloquial
e de fácil entendimento, tudo com muito humor e música”, afirma o idealizador e
produtor Cássio Reis.
Já a trilha que irá conduzir os divertidos dilemas é guiada por paródias de conhecidas
canções dos anos 60, 70 e 80, sempre sobre temas cotidianos da menopausa como os
hormônios a flor da pele, necessidade do chocolate, perda de memória, fogachos,
suores noturnos e vida sexual. Na seleção da song list, entram versões de hits como
“Fever Night”, “Stayin’ Alive”, “The Lion Sleeps Tonight”, “YMCA” e “Chain of Fools”. O
produtor Cássio Reis conseguiu ainda uma autorização especial e exclusiva dos
detentores dos Direitos Autorais Internacionais do texto para inserir, no encerramento
do espetáculo, a música “Dancing Days”, sucesso brasileiro consagrado pelo grupo As
Frenéticas na década de 80 e que será cantada originalmente.
“É importante que a prosódia e a acentuação das palavras estejam corretas, mas
estou me baseando principalmente nas fonéticas. As pessoas vão ouvir as músicas
com o mesmo tipo de sonoridade que ouvem em inglês, mas com palavras em
português. Queremos trazer personagens mais reais, tipos físicos mais próximos do
que o Brasil tem, por isso buscamos, e não só na música, ‘abrasileirar’ os termos e as
piadas usadas”, explica Thiago Gimenes, diretor musical e responsável pelas divertidas
versões.
E reforçando ainda mais a comicidade do espetáculo, o público poderá reconhecer a
voz marcante da atriz, imitadora e humorista Fafy Siqueira, convidada especial que
participa em “off” desta comédia universal e atemporal, que já foi aplaudida em 15
países, entre eles Austrália, Canadá, Israel, Itália, Filipinas, Reino Unido e África do Sul.
Com a realização do Ministério da Cultura, Actuare Produções Artísticas e
Entretenimento e a Phoenix Produções Artísticas, “Menopausa - O Musical” chega ao
Brasil dirigido por Maximiliana Reis e Anderson Bueno, e com direção residente de
Luciana Milano; o texto é licenciado pela agência americana GFOUR Productions – LLC
e tem sua tradução assinada pelo produtor Cássio Reis. A parte musical, que inclui
direção, arranjos, orquestração e preparação vocal, está a cargo de Thiago Gimenes -
responsável também pelas versões - e André Cortada; a coreografia é de Ciça Simões e
a cenografia de Fábio Peres. Já os figurinos levam diferentes assinaturas, a marca
Fernando Leite veste a personagem Hippie, Gregory as personagens Atriz e Dona de
Casa, e Julia Plus a Executiva; Fruit De La Passion é responsável pela linha Sleepwear,
bem como Arthur Caliman pelos looks de gala da grande cena final. Complementam o

Localização